Foto: Reprodução. Filmes, Música

Taylor Swift: Miss Americana | Documentário ganha data na Netflix


Atenção, Swifties, porque o “Taylor Swift: Miss Americana”, documentário da Netflix sobre a vida da cantora estadunidense, já tem data para estrear no catálogo da empresa.

Segundo a própria cantora, o filme será lançado no dia 31 de janeiro e terá 1h 25m de duração.

Antes, mais especificamente em 23 de janeiro, o “Taylor Swift: Miss Americana” fará a sua estreia oficial no primeiro dia do Festival de Sundance 2020. Outro originais Netflix também serão exibidos, como é o caso de “Horse Girl”, “The Last Thing He Wanted”, “Lost Girls”, “Cuties”, “Sergio” (filme com Wagner Moura cujo trailer você pode conferir ao fim deste post), “Crip Cramp” e “Dick Johnson Is Dead”.

O projeto conta com a direção de Lana Wilson (“The Departure”) e é descrito como “uma visão crua e reveladora sobre uma das artistas mais icônicas do nosso tempo conforme ela aprende a abraçar seu papel não só como compositora e performer, mas como uma mulher explorando todo o poder de sua voz.”

O anúncio do “Miss Americana” foi feito em novembro por Taylor Swift em suas redes sociais, quando publicou uma carta na qual acusava Scott Borchetta e Scooter Braun de terem negado o seu pedido de usar suas canções antigas tanto em sua performance no American Music Awards quanto no documentário.

A cantora escreveu:

“[…] Além disto – esta não é a maneira que eu pretendia contar esta novidade a vocês – a Netflix criou um documentário sobre a minha vida nos últimos anos. Scott e Scooter negaram o uso das minhas canções antigas e do material das minhas performances para este projeto, mesmo não havendo menção a nenhum deles ou a Big Machine Records no filme.”

Segundo a Variety, pouco depois Taylor recebeu o “sinal verde” da Big Machine Records. Entenda a briga entre Swift-Braun-Borchetta no link ao fim do post.

Foto: Reprodução

Relacionado:

Leia mais sobre Músicas e Filmes

Comentários

comentários