Foto: Divulgação. Séries

7 motivos para você assistir à “Fleabag”, série de Phoebe Waller-Bridge


Desde que fez a sua estreia televisiva em 2016, a série “Fleabag” da britânica Phoebe Waller-Bridge vem ganhando o coração não só do público como também da crítica especializada.

Na semana do Emmy 2019, preparamos esta lista com sete motivos para você dar uma chance à “Fleabag”! Confira:

1. “Fleabag” é uma série de comédia britânica criada e protagonizada por Phoebe Waller-Bridge, mesmo nome por trás do suspense “Killing Eve”, da BBC America, produção com Sandra Oh e Jodie Comer que já ganhou um Globo de Ouro e concorre a nove Emmy Awards neste ano.

2. Com um humor ácido, a série acompanha a vida da Fleabag, uma mulher intensa, sexual e problemática que usa o humor e o sexo como ferramentas para lidar com o luto.

A história tragicômica nasceu como uma peça de teatro em 2013 (a última turnê fez sua apresentação final em 14 de setembro) e acabou sendo adaptada para a televisão, onde ganhou ainda mais repercussão. Recentemente, uma das últimas apresentações de Phoebe Waller-Bridge como a personagem foi exibida ao vivo nas telonas do National Theatre Live, em Londres.

3. O grande trunfo de “Fleabag” é o roteiro inteligente e sagaz de Phoebe Waller-Bridge. Tratando de assuntos que vão desde abortos espontâneos a medo de raposas, a série tem a incrível habilidade de levar o espectador do riso ao choro em segundos. Além de tudo isso, a protagonista da série quebra inúmeras vezes a quarta parede ao conversar com o público.

4. Interpretando a madrasta/madrinha malvada de Fleabag está a atriz Olivia Colman, que recentemente venceu um Oscar por sua atuação no filme “A Favorita” (2018), de Yorgos Lanthimos. Segundo a própria Phoebe, o papel foi desenvolvido pensando em Colman.

“Ela veio assistir à peça. Ela é a mulher mais doce do mundo e ao mesmo tempo a mais atrevida e maliciosa. Ela gostou muito da peça e disse, ‘Se você me quiser em alguma coisa, me avise’, mas eu já havia escrito o episódio piloto da série então pensei, ‘Vou escrever rapidamente um personagem para Olivia Colman’. Na peça há um papel da madrinha que é mencionado muito brevemente, então eu falei com ela sobre isso. Nós conversamos sobre o que ela gostaria de interpretar e pensei, ‘Deus, eu nunca a vi interpretar alguém realmente horrível e malvado’.”

Já na segunda temporada da série, entrou para o elenco o ator irlandês Andrew Scott, conhecido por ter vivido o vilão Jim Moriarty na série “Sherlock”. O seu personagem (referido apenas como “O Padre”) não existe na peça original.

5. Com apenas duas temporadas (a série já foi finalizada), “Fleabag” é perfeita para uma maratona. São apenas 12 episódios totais com 20 minutos cada – curtinha e viciante! (Ah, no Brasil a série está disponível no catálogo da Amazon Prime Video).

6. E quanto aos especialistas? Bom, “Fleabag” os conquistou também. No famoso site de críticos Rotten Tomatoes a série se encontra com 100% de aprovação em suas duas temporadas. Sucesso!

Fleabag2

7. Para fechar com chave de ouro, a dramédia recebeu 11 indicações ao Emmy 2019, incluindo “Melhor Série de Comédia” e “Melhor Protagonista” para Phoebe Waller-Bridge. A premiação vai ao ar neste domingo, 22 de setembro.

Tá esperando o que? Vai assistir “Fleabag”!

Foto: Divulgação

Relacionado:

Leia mais sobre Séries

Comentários

comentários