Rocketman Críticas, Filmes, Música, Trending

Crítica | Rocketman é musical alucinante e sem filtros sobre vida de Elton John


Depois do grande sucesso da cinebiografia sobre o Queen, Bohemian Rhapsody, foi difícil controlar a ansiedade e as expectativas para Rocketman, obra que retrata a vida do cantor Elton John. A boa notícia é que, por mais altas que fossem tais expectativas, o filme não decepcionou.

Dirigido por Dexter Fletcher, também responsável pelo “filme do Queen”, como ficou conhecido no Brasil, depois que Bryan Singer deixou o cargo de diretor, Rocketman é uma viagem musical alucinante e sem filtros sobre a vida de Elton John, que, acompanhando a produção de perto, fez questão que o filme abordasse os pontos altos e baixos de sua vida como eles realmente foram.

O longa já começa de forma extravagante: fantasiado, Elton chega com tudo na reabilitação, devido ao vício em álcool, cocaína, sexo e à dificuldade em controlar a raiva. Daí, o cantor faz uma retrospectiva de toda a vida, desde a infância, até o momento em que se encontra: de Reginald Dwight a Elton John.

Rocketman tem o típico formato de musical. Em vez mostrar o processo criativo das canções, o filme mostra o oposto: as emoções de cada situação vivida pelo músico são sintetizadas com a música que melhor descreve os acontecimentos. Desta forma, o filme tem momentos de surrealismo e perde um pouco a linearidade comum de uma cinebiografia, mas isso não deixa a desejar devido à ótima construção de cada cena musical.

Em certos momentos, personagens secundários também participam de “performances” musicais mostradas na produção, incluindo, até mesmo, os pais de Reggie Dwight, interpretados por Steven Mackintosh Bryce Dallas Howard.

Apesar de ser um musical em muitos momentos, Rocketman não tem medo de mostrar o verdadeiro Elton John, muitas vezes ácido e um tanto quanto “chiliquento” em certas situações. Na mesma linha, o filme também é corajoso ao abordar as dificuldades da vida do cantor sem nuances, principalmente em relação às drogas e ao envolvimento amoroso com o empresário John Reid (Richard Madden).

A atuação de Taron Egerton como Elton John também é de se tirar o chapéu. Além da ótima caracterização, que permite até que o público se confunda em alguns momentos, devido à tamanha semelhança, Egerton conseguiu absorver e transmitir, de forma brilhante, trejeitos e expressões únicas de John. Além, claro, de ter uma incrível performance nas cenas que exigiam maior dramaticidade. O ator, também, é o responsável por cantar as músicas de Elton John de forma surpreendente.

Rocketman estreia nos cinemas brasileiros nesta quinta-feira, 30 de maio. Prepare-se para uma viagem alucinante e chamativa pela vida e trajetória de Elton John, um dos cantores mais icônicos do rock.

Leia Mais:

Ouça a trilha sonora de “Rocketman”, cinebiografia sobre Elton John

Foto: Divulgação 

Comentários

comentários