Review (08×06) | Game Of Thrones entrega bom fim após temporada com deslizes Séries, Trending

Review (08×06) | Game Of Thrones entrega bom fim após temporada com deslizes


Durante a noite deste domingo (19), a HBO exibiu, em todo o mundo, o episódio final da oitava e última temporada de Game Of Thrones. Abaixo, há spoilers sobre o capítulo: 

O episódio, chamado The Iron Throne [O Trono de Ferro, em português], mostrou as consequências do massacre de Daenerys Targaryen a Porto Real. Enquanto seu numeroso exército continuou a apoiá-la, antigos aliados, como Jon Snow e Tyrion Lannister, mostraram-se contrários ao excesso de força (ou melhor, fogo) usado contra os inocentes da cidade, até então, comandada por Cersei.

Os rumos da série nesta oitava temporada, principalmente, deixaram bastante óbvio o destino de Daenerys neste último episódio. Por isso, a cena que poderia ter sido o clímax do capítulo, na verdade, já era bem esperada.

Desta forma, restou à produção inovar com o destino dos outros personagens que também poderiam ocupar o Trono de Ferro, o que foi o acerto mais significante do episódio: o arco e a trajetória de todos os sobreviventes das diversas guerras de Westeros durante todos estes anos foram bem condizentes com as características a crenças de cada um.

Mesmo o caso de Bran Stark, que não queria ser rei, fez total sentido: enquanto o Rei da Noite queria matá-lo para destruir toda a história da humanidade, os vivos decidiram torná-lo rei, justamente, para construir um novo reinado com base na história da humanidade, assim fazendo com que o futuro pudesse ser realmente diferente de todas as governanças sangrentas que já existiram nos Sete Reinos (ainda incluindo o Norte), objetivo que, até então, era também de Daenerys.

Em termos gerais, minha sensação em relação à conclusão de Game Of Thrones foi de satisfação, porém, a temporada final, em geral, poderia ter sido mais elaborada, se não fosse tão curta. Houve momentos em que mais detalhes e explicações seriam totalmente cabíveis à complexa história criada por George R. R. Martin. O timing corrido, justamente, foi a principal causa dos deslizes  em relação ao roteiro e à trama.

Por outro lado, foram deixadas diversas possibilidades de séries derivadas a Game Of Thrones que, se feitas corretamente de forma cuidadosa, têm grande potencial de se tornarem também bem-sucedidas.

Leia Mais:

The Long Night | Primeiro spin-off de “Game Of Thrones” tem nome revelado

Comentários

comentários