Foto: Divulgação. Críticas, Séries

Crítica | “Killing Eve” e as performances de Sandra Oh e Jodie Comer


Baseada no livro “Codename Villanelle”, que compila as novelas do autor britânico Luke Jennings, “Killing Eve” fez a sua estreia televisiva na BBC America em abril do ano passado. Atenção: este texto contém spoilers.

A série de suspense, adaptada pela também atriz Phoebe Waller-Brigde, acompanha duas mulheres: Eve Polastri (Sandra Oh), uma funcionária do Serviço de Segurança Britânico, e Villanelle (Jodie Comer), uma assassina talentosa.

A vida das duas se cruza quando Eve fica obcecada em descobrir o responsável por uma série de assassinatos. E é quando Villanelle fica sabendo que Polastri quer prendê-la que se inicia um clássico e eletrizante jogo de gato e rato.

Não há como negar que o roteiro de “Killing Eve” se apoia em clichês e incoerências para desenvolver a sua história. Por outro lado, também é inegável que a jornada das protagonistas e a busca constante uma pela outra é interessante o suficiente para nos levar a ignorar isso.

Sandra Oh, que ficou conhecida por ter vivido a médica Cristina Yang no sucesso de Shonda Rhimes, “Grey’s Anatomy” (2005-), só nos relembrou que merece ganhar mais reconhecimento.

Já a jovem Jodie Comer, com seus 23 anos, nos surpreendeu com uma performance de alto nível. A atriz, conhecida por seu trabalho na série “My Mad Fat Diary” (2013-2015) e em “Doctor Foster” (2015-), vive em “Killing Eve” uma psicopata sorrateira, carismática e inteligentíssima. O grande ponto alto da série, sem dúvida alguma.

A boa aceitação de “Killing Eve” não se restringe apenas ao público. A série foi indicada duas vezes ao Emmy 2018 (“Melhor Atriz em Série de Drama” para Sandra Oh e “Melhor Roteiro em Série de Drama”)  e ainda concorre ao Screen Actors Guild Awards 2019 e ao Globo de Ouro 2019 – lembrando que neste ano Sandra será a host da apresentação ao lado do comediante Andy Samberg.

A segunda temporada de “Killing Eve” estreia nos Estados Unidos no dia 7 de abril.

Foto: Divulgação

 

Leia mais sobre Séries

Comentários

comentários