Foto: Divulgação. Críticas, Filmes

Crítica | “Deadpool 2” traz o Mercenário Tagarela de volta às telonas


E dois anos depois, ele está de volta. Na última semana, estreou nos cinemas brasileiros a sequência do filme do Mercenário Tagarela, “Deadpool 2”. Segunda maior estreia de maio – perdendo apenas para o sucesso esmagador de “Vingadores: Guerra Infinita” -, o filme explora novos caminhos ao dar espaço ao melodrama.

Logo no início, “Deadpool 2” aumenta as doses de sentimentalismo e, com isso, perde parte da essência que o tornava tão original. Não há queda significativa na sua qualidade (até porque o filme parece caminhar para os acontecimentos dos quadrinhos) e é claro que a produção continua tendo momentos de pura bizarrice e humor escrachado, mas é inegável que o melodrama ocupa espaço suficiente para quebrar o estilo brincalhão característico do filme.

O roteiro de “Deadpool 2”, no entanto, continua tão inteligente e ácido quanto antes, com várias tiradas engraçadas e muita intertextualidade. Provando mais uma vez que Ryan Reynolds, Rhett Reese e Paul Wernick sabem muito bem o que estão fazendo – o que nos leva a esse aviso importante: assista às cenas pós-créditos de “Deadpool 2”. Além disto, o filme conta com várias participações especiais que valorizam ainda mais a comicidade natural de Reynolds. Vale conferir!

“Deadpool 2” já está em cartaz nos cinemas brasileiros.

Foto: Divulgação

Leia mais sobre Filmes

Comentários

comentários

Final Thoughts

Overall Score 4