oii Críticas, Literatura

Review | ‘O Segredo do Meu Marido’ é surpreendente e viciante


Surpreendente, divertido, cativante e real, O Segredo do Meu Marido, da escritora australiana Liane Moriarty, é uma ótima leitura. Cuidado: este post pode conter spoilers.

Narrando a história através da ótica de três mulheres diferentes (Cecilia, Tess e Rachel), Liane consegue mostrar um outro lado do que parecem ser membros comuns e respeitáveis da classe média australiana. Neste ponto, o livro lembra muito seu outro sucesso, Big Little Lies (que foi adaptado para a televisão neste ano).

Na trama, Cecília, casada e mãe de três filhas, encontra uma carta antiga de seu marido que pode mudar tudo. Enquanto isso, somos introduzidos às vidas de Tess e Rachel.

Mas não pense que o livro é mais um romance qualquer. Não. Em O Segredo do Meu Marido, Liane faz o que sabe fazer de melhor: retrata aspectos de sua realidade de mulher de meia-idade, mãe e esposa, em uma narrativa viciante e real.

O livro nos apresenta mulheres que, por suas idades, tem pouquíssima representação na literatura mundial. Através de um narrador onisciente e onipresente, a autora humaniza as personagens, tratando sobre assuntos como sexo, família, trabalho, traição, assassinato, mentiras e luto. O resultado disto tudo é um livro fantástico, que prende e surpreende o leitor desde o início – afinal, seu título e capa o fazem parecer algo muito mais banal e “água com açúcar”.

Na hora de finalizar a obra, Liane opta por dar rumos reais para suas personagens. A escritora mostra que, às vezes, na “vida real”, temos que deixar o ego de lado em prol de algo maior que nós mesmos, fugindo do piegas “final de contos de fadas”.

Relacionado:

Foto: Divulgação

 

Leia mais sobre Literatura

Comentários

comentários