Sgt Pepper Música, Trending

#SgtPepper50: A importância do “Sgt. Pepper” para o mundo da música


Em comemoração aos 50 anos do histórico álbum “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band”, dos Beatles, preparamos um especial de sete dias com curiosidades e histórias por trás de sua produção. Hoje, neste segundo post, falaremos sobre a importância do álbum para o mundo, não apenas da música.

Ao falar da tremenda reputação do oitavo disco dos garotos de Liverpool, é imprescindível citar que a revista Rolling Stone, a mais renomada sobre música, classificou o “Sgt. Pepper” como o 1º dos 500 álbuns mais importantes da história. Mas, afinal, qual o motivo deste trabalho ter alcançado tanta fama e importância?

Existe, na verdade, uma discussão sobre o projeto ser ou não um dos primeiros discos conceituais do mundo. Os próprios Beatles, entretanto, não consideravam-no conceitual. Em entrevista, John Lennon chegou a dizer que as canções, com exceção das duas primeiras e da última, poderiam facilmente estar em outro trabalho da banda.

A saída da bolha do Pop:

As mais 700 horas passadas no estúdio (um grande absurdo para aquela década) foram essenciais, ao longo dos dos quatro meses e meio de gravações, para que o álbum se tornasse o que é.

Musicalmente, a importância do “Sgt. Pepper” mais aparece na parte técnica. Foi o auge da exploração musical dos Beatles, com efeitos e overdubs nunca antes utilizados pelo grupo, além da influência de diferentes estilos musicais. Foi a prova de que quem fazia pop, poderia sair da bolha da qual estavam acostumados e inová-lo de forma surpreendente.

Méritos também vão para o produtor, George Martin, e o engenheiro de som, Geoff Emerick. O auge das experimentações e dos efeitos que se encaixavam perfeitamente ao som que a banda procurava partiu deles. Coisas impressionantes ao lembrar que, na época, grande parte das gravações eram feitas em apenas quatro canais. Aliás, a primeira gravação dos Beatles em oito canais foi justamente na de “A Day In The Life”, durante a parte orquestral, quando foram usadas duas máquinas de quatro canais simultaneamente.

“As pessoas costumavam ficar na zona de conforto na música popular, mas foi quando nós percebemos que não precisaríamos ficar ali”. – Paul McCartney à BBC, em 1992.

Cunho social:

Fator importante, senão o principal, da reputação do “Sgt. Pepper” é que ele não foi apenas sobre a música. No álbum, os Beatles mostraram que o rock não era apenas entretenimento, mas sim uma forma progressista de se expressar socialmente.

O momento vivido à época, também conhecido como “Summer Of Love” é nitidamente retratado no álbum, assim como as próprias vidas de John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr. Desde as cores da arte e dos figurinos do grupo, que acompanham a ascensão da Carnaby Street, em Londres, até os significados das letras  das canções.

George Martin, em certa entrevista, comentou: “Eu acho que representou os interesses dos jovens na época. O álbum pareceu coincidir com uma revolução no pensamento dos jovens”.

Influência: 

beatles-hendrix

Apenas três dias após o lançamento do álbum “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band”, foi possível ter uma ideia da influência que ele teria sobre o mundo da música. Durante a última apresentação do Jimi Hendrix Experience na Inglaterra, que aconteceu no dia 4ºde junho, o lendário guitarrista decidiu abrir o show com a canção-título do disco. Os Beatles, como podem ver na foto acima, estavam presentes na apresentação. Até hoje, Paul McCartney fala que esse foi um dos melhores tributos que poderia ter recebido.

Leia Mais:

#SgtPepper50: A história por trás da icônica capa de “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band”

Roger Waters, do Pink Floyd, também foi outro dos muitos artistas a comentar a importância que o álbum teve em sua vida: “Foi o disco que deu à minha geração o conhecimento de que podíamos fazer o que quiséssemos. Ele mudou tudo. Quando eu ouvi o Sgt. Peppers, eu fiquei incrédulo, eu não podia acreditar no que estava acontecendo. ” – Roger Waters

Fato fascinante sobre o “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band” é como tudo foi bem pensado para funcionar perfeitamente em conjunto: a musicalidade, o visual e o cunho social. Não é de se duvidar da reputação do álbum que, mesmo depois de 50 anos, ainda é considerado um marco histórico no mundo, e não apenas da música.

Comentários

comentários