Ariana Grande Dangerous Woman Tour Música

Após atentado, Ariana Grande cancela parte da “Dangerous Woman Tour”


Nesta quarta-feira (22), a cantora Ariana Grande confirmou, por meio de um comunicado divulgado por seu empresário, que a turnê “Dangerous Woman Tour” será parcialmente cancelada, após o atentado que ocorreu na última segunda-feira (22), em Manchester. 

A turnê ainda passaria por Londres, capital inglesa, antes de ir para outras cidades europeias. Shows foram cancelados até o dia 5 de junho. As apresentações marcadas após esta data ainda aparecem no site da cantora, mas ainda não é totalmente certo que elas, de fato, aconteçam. Grande tem dois shows marcados no Brasil em junho, no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Veja o comunicado traduzido na íntegra: 

“Devido aos trágicos acontecimentos em Manchester, a turnê ‘Dangerous Woman’ com Ariana Grande foi interrompida até que possamos avaliar melhor a situação e prestarmos as devidas homenagens àqueles que perdemos. Os shows na O2 Arena, em Londres, nesta semana, foram cancelados, assim como todas as apresentações até dia 5 de junho, na Suíça.

Neste momento, pedimos que continuemos a apoiar a cidade de Manchester e todas as famílias afetadas por esta covardia e ato de violência impensável. Nossos estilos de vida foram, mais uma vez, colocados em risco, mas nós superaremos isto juntos. Obrigado.”

Nesta segunda-feira (22), ao final do show de Grande, um homem-bomba explodiu um equipamento caseiro dentro da Manchester Arena, local do evento, deixando 22 mortos, entre adultos e crianças, e mais de 50 feridos. A cantora chegou a se manifestar, dizendo que estava devastada com o ocorrido.

Comentários

comentários