Os 13 Porques Literatura, Séries

Originalmente, Hannah não morreria no final do livro “Os 13 Porquês”


Na última semana, em entrevista ao site Entertainment Weekly, Jay Asher, autor do livro “Os 13 Porquês”, que inspirou o mais recente sucesso da Netflix, comentou que, originalmente, o final da história seria diferente. 

A obra narra a história de Hannah Baker, jovem que tira sua própria vida e deixa 13 fitas gravadas com os motivos de ter tomado tal decisão. As gravações são passadas para as pessoas que conviveram com a adolescente e, de certa forma, foram envolvidas em sua morte.

Segundo Asher, no livro, a personagem deveria ter sobrevivido. Após tentar se suicidar com pílulas, ela seria encontrada pelos pais e levada ao hospital. Porém, em respeito à seriedade em relação ao assunto, Jay Asher resolveu que seria melhor não contornar a narrativa.

“Por seriedade  com o assunto, percebemos que não podíamos fazer dessa forma. Em algum momento eu percebi que a mensagem da história seria mais forte e que faria dela definitivamente mais do que somente um conto de precaução. Eu senti que era o caminho a percorrer.”

“Eu gostava da ideia de ‘nós aprendemos algo com isso e aqui está uma segunda chance’. Mas sabemos também que seria difícil ter que lidar com os jovens quando Hannah voltasse para a escola. Não é como se tudo estivesse bem agora. Na verdade, poderia ser ainda mais tenso para ela. Pelo menos haveria Clay, que seria sincero sobre estar lá por ela.”

Leia mais sobre “Os 13 Porquês”:

Parte do elenco de “Os 13 Porquês” virá ao Brasil para CCXP Tour

Ouça a trilha sonora completa da nova série da Netflix, ‘Os 13 Porquês’

Selena Gomez libera trecho de cover de ‘Only You’, presente em ‘Os 13 Porquês’

 

Comentários

comentários