Sete Minutos Depois da Meia-Noite Críticas, Filmes

Crítica | ‘Sete Minutos Depois da Meia-Noite’ traz incrível reflexão sobre pensamentos e relações humanas


Nesta segunda-feira (19), o Pop Cultura esteve na pré-estreia do filme ‘Sete Minutos Depois da Meia-Noite’, uma adaptação do livro ‘O Chamado do Monstro’, de Patrick Ness. 

Dirigido pelo espanhol J. A. Bayona, responsável por ‘O Orfanato’ e ‘O Impossível’, o longa tem como personagem principal o jovem Conor O’Malley, que frequentemente tem pesadelos terríveis. Sua mãe está doente e, a cada dia que passa, o garoto se vê mais próximo de viver com sua avó, com quem não tem lá muita simpatia.

Seus pesadelos, porém, acabam por se tornar algo que o dá forças para superar a dura realidade, que além de problemas familiares, também implica difíceis relações na escola.

Definitivamente, este não será o filme com melhor efeito visual que você verá em 2017, mas a narrativa e o enredo prendem tanto a atenção do telespectador, que os efeitos pouco importam.

Leia Mais: 

O longa traz, de certa forma, um lado ‘humanizado’ de alguns pensamentos realistas, mas ‘condenáveis’ que passam por nossas cabeças. E esta se transforma na mensagem mais bonita do filme que, prepare-se, pode fazer você chorar.

Sabemos que a briga pelo Oscar é sempre muito difícil, mas ‘Sete Minutos Depois da Meia-Noite’ definitivamente tem cacife para participar, ao menos, da disputa. Assim esperamos!

Aos interessados, a estreia no Brasil acontecerá no dia 5 de janeiro de 2017. Eu anotaria na agenda!

Comentários

comentários