skam Séries

Conheça “SKAM”, a série de TV norueguesa que está ultrapassando os limites da televisão


A série de TV “Skam” (“vergonha”, em português), da diretora Julie Andem, está fazendo um enorme sucesso na Noruega e nós precisamos falar sobre ela. A história de drama segue o dia a dia de adolescentes que vivem em Oslo, capital do país, e conta dos momentos mais banais até os mais dramáticos da vida dos jovens. A série já está na terceira temporada e cada uma traz um dos personagens para o papel de protagonista.

Até aí nada de novo. O diferencial começa no momento em que a internet e as redes sociais ganham papel fundamental no processo de assistir aos episódios. Todos os dias um pequeno clipe é lançado no site oficial com alguma cena da vida do adolescente que supostamente estaria acontecendo em tempo real, no momento em que o vídeo foi postado, ou seja, é como se todos os dias alguém fizessem um “live” da vida deles por alguns minutos. Toda sexta-feira os vídeos que foram lançados durante a semana se transformam em um episódio completo exibido no canal NRK.

Mas as novidades não param por aí, todos os personagens tem instagrams pessoais nos quais fazem posts com amigos e inclusive compartilham memes. No site também são disponibilizados print screens das mensagens que os personagens trocam uns com os outros na mesma hora em que essa conversa acontece na história.

Apesar de tratar de assuntos da vida de adolescentes comuns, são abordados a todo momento temas de extrema importância. A terceira temporada conta a história de Isak, um garoto que está descobrindo sua homossexualidade e tem de enfrentar todas as dificuldades e medos de ser jovem e gay.

Na segunda, a personagem principal Noora desmaia em uma festa e acorda nua, por vários episódios um garoto ameaça divulgar suas imagens. Ela consegue virar o jogo usando o conhecimento de seus direitos para ameaçar o suposto estuprador. A polícia norueguesa parabenizou o seriado pela abordagem de um tema tão importante e por mostrar uma forma inteligente de combatê-lo.

Em “Skam” os limites do real e do fictício praticamente desaparecem. Cada dia mais vemos que a internet e a TV se misturam. Seria esse o futuro dos seriados? Não podemos nos esquecer que a internet e o uso de smartphones em países subdesenvolvidos ainda não alcança toda a população como acontece na Noruega.

Os direitos do seriado ainda não foram vendidos para nenhuma empresa internacional, o que dificulta que nós aqui no Brasil tenhamos acesso a ela. Quem tiver interesse só irá encontrar sites piratas que legendam a série para o inglês.

Para quem ficou curioso segue o link do site e os perfis do instagram dos personagens:

Site: skam.p3.no

Eva (primeira temporada): @evamohn2

Noora (segunda temporada): @loglady99

Isak (terceira temporada): @isakyaki

Confira os trailers:

 

 

 

Foto: Divulgação

 

 

Comentários

comentários