Foto: Divulgação Literatura

Review: “Cidade dos Etéreos” traz ainda mais aventuras e descobertas aos leitores


Depois de ter lido o “Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares” em dois dias, assistido ao filme e não ter ficado nada feliz com o resultado da adaptação, resolvi continuar a saga e pegar firme, mais uma vez, no “Cidade dos Etéreos”.

Novamente, a leitura não durou mais do que dois dias, simplesmente porque o livro é totalmente viciante. Diferente da maravilhosa saga “Harry Potter”, na qual os livros têm um ‘encerramento’ a cada ano, a sequência de “O Lar das Crianças Peculiares” segue o ritmo frenético de “Desventuras em Série”, ou seja, de onde terminou um livro, começa o outro.

O resultado disto não poderia ser diferente do que muita ação e aventura. Não introdução, nada de enrolação. Você já cai diretamente nas mais complicadas situações vividas pelas crianças peculiares.

Na resenha do primeiro livro, havia apontado um único lado ruim: a diferença do número de páginas entre os capítulos, às vezes quebrando um pouco o ritmo da leitura. Em “Cidade dos Etéreos”, porém, este problema não existe mais e os capítulos têm entre 30 e 40 páginas.

Após ter tido a fenda temporal invadida, as crianças têm que se virar para sobreviver aos acólitos e aos etéreos que estão atrás deles. Ainda mais coisas sobre os peculiares são descobertas, como a história destes, além da apresentação de novos personagens. O ritmo dos surpreendentes acontecimentos é frenético, assim como a leitura.

A partir de “Cidade dos Etéreos”, a editora responsável é a Intríseca. Antes, era a Leya. Essa mudança trouxe, também, uma divergência nos formatos dos livros, que agora são maiores e com capa dura. A qualidade, de fato, melhorou, mas para os colecionadores de plantão, não é muito legal ter edições diferentes. Tudo bem, é algo que dá para superar.

Sinceramente, não tenho o que apontar de defeito na sequência da saga. Já não vejo a hora de comprar o “Biblioteca de Almas”, terceiro livro. Para mim, enredo do filme foi alterado para algo muito abaixo da história dos livros, portanto, recomendo muito o acompanhamento da saga por escrito.

O preço mais em conta de “Cidade dos Etéreos” é encontrado na Amazon. Olha só:

Comentários

comentários