Foto: Reprodução/Instagram Música

Após encontro com Dalai Lama, Lady Gaga é banida da China


Na última semana, a cantora Lady Gaga participou de um debate transmitido na internet com o líder espiritual Dalai Lama sobre a paz, em Indiana, nos Estados Unidos. Apesar da boa intenção, a China não aprovou nem um pouco o encontro e baniu a cantora e suas músicas no país.

O motivo da revolta das autoridades chinesas é que Dalai Lama, que vive exilado na Índia desde 1959, lutou pela independência do Tibet até 2011, quando decidiu se afastar oficialmente da política. Para eles, o encontro foi um sinal de que Lady Gaga também é a favor desta medida.

Por isso, o departamento de publicidade chinês se manifestou dizendo que a cantora, a partir desta semana, não poderá nem ser mencionada em programas televisivos ou de rádio, e nem na mídia impressa, além de suas músicas também estarem proibidas no país.

O encontro entre a cantora e o líder religioso pode ser assistido na íntegra no YouTube:

Lady Gaga chegou a postar diversas fotos do encontro, atraindo milhares e milhares de curtidas de seus fãs, e pareceu estar muito contente em participar do debate.

Em 2011, a artista já havia sido parte de uma “lista negra” da China, por causa do conteúdo de suas músicas. Agora, porém, a “punição” parece ser mais séria.

Comentários

comentários